Câmara quer comprar antigas vivendas da Ogma

15/11/2019

Câmara de Vila Franca de Xira e Empordef estão perto de chegar a um entendimento para a compra e venda de algumas das antigas vivendas da Ogma. Até final deste ano, poderá ficar concluída a primeira fase do negócio. Situadas em pleno centro de Alverca, dez das doze vivendas estão “abandonadas” há anos e constituem um foco de insalubridade e de insegurança. A Junta da União de Freguesias defende a criação de

 

uma biblioteca, de uma praça pública e de um centro de eventos. A Câmara também pretende dedicar esta área a actividades culturais e do movimento associativo alverquense. Construídas na década de 50 com o objectivo de proporcionar alojamento a quadros superiores das então Oficinas Gerais de Material Aeronáutico (OGMA), as 12

 

antigas vivendas passaram a estar na alçada directa do Estado com a privatização da Ogma-Indústria Aeronáutica de Portugal em 1995. A sua gestão ficou sob responsabilidade da Empordef (Empresa Portuguesa de Defesa), mas dez das antigas vivendas não tinham ocupação e entraram em acelerada degradação. “Há vontade de

 

encontrar flexibilidade que permita que se faça um acordo com a Câmara de Vila Franca de Xira. Estou convencido que há condições para chegar a um entendimento muito em breve”, disse, ao Voz Ribatejana, Marco Capitão Ferreira, jurista que assumiu a presidência da Empordef no final de Abril. Em causa poderá estar um negócio na

 

casa de 1 milhão de euros e, para além, do valor dos imóveis – já reduzido pelo seu estado de degradação -, as avaliações feitas pela Empordef têm em conta a localização central daquele espaço. A Câmara argumenta, por seu turno, que a avaliação não pode ser tão linear assim, porque naquela área não serão autorizadas construções com outra

volumetria e pretende manter as vivendas (depois de recuperadas) dedicadas a fins públicos. “Tivemos uma reunião muito interessante, em que fizemos uma proposta da Câmara, longe ainda da proposta da Empordef que está em cima da mesa”, admite Alberto Mesquita, presidente da Câmara de Vila Franca, em declarações ao Voz

 

Ribatejana, explicando que o que está, agora, a avançar é a possibilidade de Câmara e Empordef celebrarem um protocolo, no sentido da autarquia adquirir algumas vivendas até final deste ano (dentro do montante que tem disponível para o efeito), ficando assente nesse acordo que a Câmara “terá sempre direito de preferência” na futura

 

compra das restantes vivendas. “Se não conseguirmos comprar tudo, compramos aquilo que for possível. Foi uma evolução importante e penso que temos condições para poder avançar”, referiu o edil. “O ponto de encontro não está muito longe e há também a possibilidade de alguma flexibilidade em matéria de prazos de pagamento.

 

Estou certo que conseguiremos encontrar uma solução que seja comportável para a Câmara. Acredito que muito em breve chegaremos a um entendimento, dando um bom destino àqueles edifícios que, realmente, estão muito degradados”, conclui o presidente da Empordef.

 

Saiba mais na edição impressa de 13 de Novembro do Voz Ribatejana

 

Partilhar no Facebook
Partilhar no Twitter
Please reload

Leitura Recomendada
Procurar por Tags
Please reload

Siga o Voz Ribatejana
  • Facebook - Black Circle
Facebook
  • YouTube - Black Circle
YouTube
Arquivo do Site
Please reload

Contador de Visualizações

© 2017 por Voz Ribatejana. Todos os direitos reservados.

Informações

Voz Ribatejana - Quinzenário regional

Sede da Redacção e Administração: Centro Comercial da Mina, Loja 3 - Apartado 10040 / 2600-126 Vila Franca de Xira Telefone geral – 263 281329

Correio Electrónico: vozribatejana@gmail.com director.vozribatejana@gmail.com redaccao.vozribatejana@gmail.com comercial.vozribatejana@gmail.com
Proprietário: Jorge Humberto Perdigoto Talixa

Editor: Voz Ribatejana, Lda

Director: Jorge Talixa (carteira prof. 2126)

Editor Multimédia: Rui Miguel Ferreira Talixa

Redacção: Carla Ferreira (carteira prof. 2127), Joel Balsinha, Hugo Clarimundo, Jesus Lourenço, Hipólito Cabaço, Paula Gadelha (cart. prof 9865)

Área Administrativa e Comercial: Isabel Pinto, Júlio Pereira (93 88 50 664), Afonso Braz (93 66 45 773), Carlos Pinto (96 44 70 639)

Assinaturas: Portugal – 1 ano (24 números) 12 euros - Resto da Europa - 1 ano 40 euros Registo de Imprensa na ERC: 125978

Impressão: Coraze
Redacção: Centro Comercial da Mina, Loja 3 2600 Vila Franca de Xira - Telefone - 263 281 329 . Telemóvel - 96 50 40 300