• Jorge Talixa

Prótoiro contra alterações à idade mínima para ver corridas


A Prótoiro-Federação Portuguesa de Tauromaquia lançou uma petição pública que contesta as propostas de alguns partidos com representação parlamentar para alteração da idade mínima para assistir a corridas de toiros. O documento, disponível

na Internet, já reuniu mais de 2550 assinaturas e pretende suscitar a discussão do tema em plenário da Assembleia da República. Actualmente, as corridas de toiros estão classificadas como espectáculos para maiores de 12 anos. Mas, segundo a Prótoiro, o Programa do Governo e as propostas de vários partidos com assento parlamentar

“pretendem alterar idade mínima para se assistir a espetáculos tauromáquicos, interferindo na liberdade de menores e pais. Estas propostas atentam contra a Cultura Taurina e diversidade cultural no nosso país. A alteração é absurda, infundada e atentatória dos direitos dos menores”, sustenta a petição, frisando que “os menores são

cidadãos de pleno direito” e que “esta tentativa de limitar o acesso a um espetáculo cultural choca com a obrigação constitucional do Estado de promover a acessibilidade de todos à Cultura”. O documento reclama “o respeito pelos direitos e liberdades das crianças, a manutenção da classificação etária da tauromaquia de M/12 e a

manutenção da liberdade de escolha das crianças e dos seus pais”. Quando concluída, a petição será entregue ao presidente Assembleia da República e aos nove partidos com representação parlamentar. A Prótoiro, recorde-se, é constituída pelas associações portuguesas de toureiros, criadores de toiros de lide, empresários, grupos de forcados e tertúlias.

Saiba mais na Edição impressa de 13 de Novembro do Voz Ribatejana

Tags:

Leitura Recomendada
Procurar por Tags
Siga o Voz Ribatejana
  • Facebook - Black Circle
Facebook
  • YouTube - Black Circle
YouTube
Arquivo do Site

Contador de Visualizações