• Olho Vivo

Caixa de telecomunicações complica trânsito em Vila Franca


O trânsito no troço da Estrada Nacional 1 (EN 1) que marca a entrada Norte na cidade de Vila Franca de Xira está condicionado há mais de duas semanas, devido ao abatimento de uma caixa de telecomunicações ali existente. O problema já era antigo, mas agravou-se bastante nas últimas semanas, obrigando a colocar um conjunto de estruturas de plástico para desviar toda a circulação (sentido Sul-Norte) para a faixa do lado. A medida até se

justifica, dada a notória degradação da caixa de betão e da respectiva tampa metálica. O que já não se compreende é que a situação continue por resolver há mais de duas semanas, numa zona de circulação intensa e mesmo à saída de uma rotunda. Com as centenas de veículos pesados que ali circulam diariamente e a falta de sinalização prévia de aviso do “afunilamento” da via, muitas são as situações em que quem circula na faixa central

se vê “empurrado” para o coração da rotunda pelos veículos, sobretudo pesados, que se apercebem, em cima do acontecimento, da necessidade de evitar os obstáculos. Nas actuais condições, este troço da EN 1 está claramente perigoso. E, de noite, com a fraca iluminação do local, a situação ainda se mostra mais complicada. Para prevenir desfechos mais danosos, é tempo da Infraestruturas de Portugal dar uma solução ao caso ou de

exigir às operadoras de telecomunicações que façam a respectiva reparação. Se assim não acontecer rapidamente, como noutros casos, as autarquias locais devem dar um passo em frente e tentar tomar medidas para repor a circulação normal nesta área da entrada Norte de Vila Franca de Xira.

Saiba mais na edição impressa de 05 de Junho do Voz Ribatejana

Contador de Visualizações