• Jorge Talixa

Vila Franca tem 14 500 sem médico de família


O concelho de Vila Franca de Xira tem cerca de 14 500 utentes sem médico de família atribuído, segundo dados revelados ao Voz Ribatejana pelo Agrupamento de Centros de Saúde (ACES) do Estuário do Tejo. Um número que corresponde a cerca de 11 por cento dos mais de 130 mil utentes do Serviço Nacional de Saúde inscritos na área do município. A freguesia de Alverca continua a ser a mais afectada pela falta de médicos. A direcção do ACES

espera voltar a “reforçar” a equipa médica colocada na região na primeira época de concursos de médicos prevista para 2019. O tema foi abordado na última reunião camarária de Vila Franca de Xira pelo vereador Vítor Cartaxo, eleito da CDU. “Ao contrário do que se faz crer, os cuidados de saúde primários estão longe de responder às necessidades”, criticou, salientando que, de acordo com dados do último relatório da comissão de

saúde da Assembleia Municipal faltariam 11 médicos de família, 15 enfermeiros, três psicólogos e dois nutricionistas nos centros de saúde do concelho. Já em resposta ao Voz Ribatejana, a direcção do ACES do Estuário do Tejo adiantou que o concelho de Vila Franca de Xira conta com 130.215 utentes inscritos, dos quais 14.488 não têm médico de família atribuído. “Estão em falta 8 médicos especialistas de Medicina Geral e Familiar. No próximo concurso de médicos (1ª época de 2019) contamos reforçar a equipa médica. Relativamente aos

enfermeiros, as Unidades de Saúde do concelho de VFX têm um rácio de 1900 utentes por enfermeiro, sendo aquilo que é identificado para as Unidades de Saúde Familiar (USF). Apenas na Unidade de Cuidados na Comunidade (UCC), o rácio ainda não atingiu o desejável, embora tenha sido reforçada a equipa, no ano de 2018, com 5 enfermeiros”, referem os responsáveis do ACES do Estuário do Tejo. Quanto aos técnicos superiores de

saúde de psicologia, “existem neste momento 3 técnicos, estando a aguardar a autorização de uma mobilidade que vem reforçar a equipa do concelho de Vila Franca de Xira. Neste momento, o ACES Estuário do Tejo não tem nenhum Técnico Superior de Saúde da área de Nutrição, aguardando a conclusão do concurso que está a decorrer a nível da ARSLVT”, conclui o ACES.

Saiba mais nas edições impressas de 13 e de 27 de Março do Voz Ribatejana

Tags:

Leitura Recomendada
Procurar por Tags
Siga o Voz Ribatejana
  • Facebook - Black Circle
Facebook
  • YouTube - Black Circle
YouTube
Arquivo do Site

Contador de Visualizações