• Jorge Talixa

Benavente tem acções de fogo controlado


O Serviço Municipal de Protecção Civil de Benavente está a desenvolver, em parceria com as corporações locais, um conjunto de acções de “fogo controlado”, que permitem eliminar materiais sobrantes de abates de árvores e exercitar os operacionais. A primeira acção realizou-se no sábado e as seguintes estão programadas para 9 e 10 de Fevereiro. A operação de dia 26 envolveu duas parcelas de uma área de 35 hectares de eucaliptal da Herdade

de Vale de Estacas (situada entre Benavente e Santo Estêvão, junto à EN 118-1), recentemente alvo de corte dos eucaliptos. A iniciativa envolveu 28 bombeiros e nove veículos das corporações de Benavente, Samora Correia, Alcochete e Salvaterra de Magos. Foi executada sob responsabilidade técnica de dois técnicos de fogo controlado, Eng. Luís Gonçalves e Miguel Cardia, comandante dos Bombeiros de Samora Correia. “A operação

teve como objectivos a gestão do combustível florestal (sobrantes do abate dos eucaliptos) através da sua eliminação pela queima e, com isso, garantir o cumprimento das normas preventivas da Defesa da Floresta Contra Incêndios, ao mesmo tempo que, sendo uma operação amiga da natureza, se deixou garantida a fertilização natural do solo, através da incorporação que irá sendo feita das cinzas resultantes da queima, ricas em azoto.

Serviu, em simultâneo, para a melhoria do entrosamento dos corpos de bombeiros”, sublinha uma nota do Município benaventense. As próximas operações de fogo controlado, previstas para 9 e 10 de Fevereiro, contarão, também, com o apoio da Brigada de Sapadores Florestais recentemente criada pela Comunidade Intermunicipal da Lezíria do Tejo.

Saiba mais na Edição impressa de 13 de Fevereiro do Voz Ribatejana

Leitura Recomendada
Procurar por Tags
Siga o Voz Ribatejana
  • Facebook - Black Circle
Facebook
  • YouTube - Black Circle
YouTube
Arquivo do Site

Contador de Visualizações