• Joel Balsinha

Atletas da UDCAS conquistam medalhas no mundial


Carolina Fonseca e Nuno Grilo, atletas da União Desportiva e Cultural de Aldeia do Sobralinho (UDCAS), alcançaram quatro medalhas no Campeonato Mundial de Kempo UWSKF, organizado pela Federação Mundial de Sport Kempo na Hungria. A competição realizou-se no dia 2, com Carolina Fonseca a tornar-se campeã mundial em Point Kempo, na categoria de Adultos -75kg. Na vertente masculina, Nuno Grilo sagrou-se vice-campeão do Mundo em Veteranos A -100kgs. No mês de Novembro, os praticantes de kempo da UDCAS já tinham subido ao pódio onze vezes no Campeonato Nacional, realizado em Coimbra. O Voz Ribatejana falou com os medalhados horas depois da sua chegada a Portugal, na noite de 4 de Dezembro.

"Tivemos uma recepção óptima no aeroporto. Nada que estivéssemos à espera. É uma sensação agridoce porque estamos a falar de uma modalidade que cá em Portugal é disputada de uma forma e nos outros países, neste caso na Hungria, as pontuações são diferentes. Soube muito bem. Faz com que eu ganhe mais experiência e mostre também aos meus atletas que ir lá fora, combater fora de portas, fazer torneiros e representar, não só o nosso país como também o concelho e a colectividade da UDCAS, é um orgulho enorme. Senti-me bastante feliz e motivado para mais”, revelou o praticante e treinador Nuno Grilo. Por sua vez, Carolina Fonseca explicou que, para conquistar o ouro precisou de "treinar vários dias por semana, por norma quatro vezes,

trabalhar muito a caixa para aguentar um combate inteiro". A própria pratica esta arte faz quatro anos sempre com o mesmo treinador desde o Centro Social do Sobralinho e depois na UDCAS. Espera continuar a treinar arduamente para alcançar títulos regionais, nacionais e mundiais. A direcção da UDCAS, que tomou posse em Janeiro deste ano, felicitou os dois desportistas e a Federação Portuguesa de Lohan Tao (Fpl Lohan Tao), pelo "trabalho que têm desenvolvido" e referiu, ao Voz Ribatejana, que "foi um orgulho mais uma vez termos recebido esta notícia. A colectividade voltou a ter modalidades próprias e cem atletas inscritos a praticar desporto diariamente”, sublinham.

Saiba mais na Edição impressa de 21 de Dezembro do Voz Ribatejana

Leitura Recomendada
Procurar por Tags
Siga o Voz Ribatejana
  • Facebook - Black Circle
Facebook
  • YouTube - Black Circle
YouTube
Arquivo do Site

Contador de Visualizações