• Jorge Talixa

Impasse da Escola Gago Coutinho tem fim à vista


As obras de requalificação e ampliação da Secundária Gago Coutinho de Alverca, paradas há quase sete anos, poderão ser retomadas muito em breve. De acordo com a Câmara de Vila Franca de Xira, todas as questões jurídicas e administrativas estarão ultrapassadas, de modo a que a obra recomece. “Todas as questões que ainda não tinham sido ultrapassadas, questões que estavam em tribunal no âmbito do processo da Parque Escolar, tudo isso foi resolvido”, assegura Alberto Mesquita, presidente da Câmara de Vila Franca de Xira, vincando que o Ministério da Educação decidiu “bem” alterar o projecto, porque “o projecto inicial da Parque Escolar se calhar era ambicioso demais”. Segundo o edil, já foi lançado um novo concurso e feita a consignação da empreitada para

conclusão dos trabalhos na escola alverquense, frequentada por mais de 1000 alunos. Há mais de oito anos que o funcionamento da Gago Coutinho está condicionado pelas obras lançadas pela Parque Escolar, que acabaram por ser suspensas em 2011, quando o primeiro governo de Passos Coelho decidiu parar todas as obras desta empresa pública, considerando que envolviam gastos exagerados. Ao longo destes sete anos, a escola tem estado impossibilitada de aceder aos espaços em obra e nunca pôde utilizar alguns edifícios já remodelados. “O que falta é desbloquear verbas junto do Ministério das Finanças. Tenho feito algumas iniciativas para que esta matéria se resolva e a obra, finalmente, recomece”, garante Alberto Mesquita.

Saiba mais na Edição impressa de 12 de Dezembro do Voz Ribatejana

Leitura Recomendada
Procurar por Tags
Siga o Voz Ribatejana
  • Facebook - Black Circle
Facebook
  • YouTube - Black Circle
YouTube
Arquivo do Site

Contador de Visualizações