• Jorge Talixa

Derrota pesada afasta Vilafranquense da Taça


A União Desportiva Vilafranquense sofreu, este domingo, uma derrota pesada perante o Anadia e ficou fora da Taça de Portugal. A equipa do distrito de Aveiro revelou-se muito mais eficiente e ganhou no Campo do Cevadeiro por expressivos 4-0. No próximo domingo, as duas equipas voltam a defrontar-se, desta vez para o Campeonato de Portugal. O jogo da terceira eliminatória da Taça de Portugal adivinhava-se difícil, o Anadia tem feito um bom arranque de temporada e chegou mesmo a liderar a Série C do Campeonato de Portugal,

mas não se esperava uma diferença tão acentuada no resultado final. O Vilafranquense até criou algum perigo na primeira jogada da partida, mas logo a seguir, no seu primeiro ataque, foi o Anadia a inaugurar o marcador por intermédio de Ruben Silvestre. Durante toda a primeira parte, o Vilafranquense porfiou em busca da igualdade, mas o Anadia, em contra-ataque revelava-se, por vezes, mais perigoso. Já no segundo tempo, quando o técnico adjunto da UDV, João Baptista (Vasco Matos expulso na anterior partida do campeonato não pôde estar no banco) se preparava para fazer duas substituições e refrescar o ataque,

o árbitro mostrou o cartão-vermelho ao médio ribatejano Stehb por uma falta a meio-campo. As duas substituições acabaram por acontecer, com as entradas de Morellato e Igor (novas contratações da SAD), mas logo no minuto seguinte o Anadia fez o 2-0. Até final, reduzido a 10 jogadores, o Vilafranquense ainda tentou reagir, mas fê-lo de forma desorganizada e por vezes precipitada e o Anadia aproveitou para, em contra-ataque, marcar mais dois golos. A arbitragem foi muito contestada pelo público de Vila Franca.

Saiba mais na Edição impressa de 31 de Outubro do Voz Ribatejana

Leitura Recomendada
Procurar por Tags
Siga o Voz Ribatejana
  • Facebook - Black Circle
Facebook
  • YouTube - Black Circle
YouTube
Arquivo do Site

Contador de Visualizações