• Jorge Talixa

Corpo de Luís Grilo encontrado na zona de Avis


O corpo encontrado no final da semana na zona de Avis será mesmo de Luís Grilo, empresário e triatleta desaparecido há cerca de 40 dias. Apesar do seu avançado estado de decomposição, as autoridades policiais já terão dados que confirmam que se trata do engenheiro informático que residia nas Cachoeiras. De acordo com os diários “Público” e “Correio da Manhã”, o corpo foi encontrado, nu e com um saco de plástico na cabeça, próximo de uma estrada municipal do concelho alentejano de Avis. Apresentava, também, sinais de uma pancada na cabeça. Uma fonte da Polícia Judiciária confirmou às mesmas publicações que já há dados da autópsia que confirmam que se trata de Luís Miguel Grilo.

Luís Grilo tinha 50 anos e era proprietário de uma empresa do ramo informático com sede em Alverca. No dia 16 de Julho saiu de casa, como habitualmente, para um treino de bicicleta e nunca mais foi visto. A família alertou as autoridades para o desaparecimento e, apesar das buscas intensas, foi apenas encontrado o seu telemóvel na berma de uma estrada da zona dos Casais da Marmeleira (Carregado). Por existirem suspeitas de crime, a investigação do caso passou para a alçada da Polícia Judiciária. Na quinta-feira foi descoberto este corpo na zona de Avis, a cerca de 130 quilómetros da zona do desaparecimento. As autoridades admitiram desde logo que se tratasse de Luís Grilo, facto que terá sido, agora, confirmado pela Polícia Judiciária.

Saiba mais na Edição Impressa de 05 de Setembro do Voz Ribatejana

Tags:

Leitura Recomendada
Procurar por Tags
Siga o Voz Ribatejana
  • Facebook - Black Circle
Facebook
  • YouTube - Black Circle
YouTube
Arquivo do Site

Contador de Visualizações