• Jorge Talixa

Luís Grilo está desaparecido há duas semanas


Polícia Judiciária, GNR, familiares e amigos continuam a procurar em toda a região sinais do que possa ter acontecido a Luís Miguel Grilo, engenheiro informático de 50 anos, que desapareceu na tarde do passado dia 16, quando fazia um treino de bicicleta. Duas semanas depois do desaparecimento do empresário e triatleta amador, as buscas prosseguem na região, mas as pistas continuarão a ser quase inexistentes. O caso está a ser

investigado pela Polícia Judiciária com o apoio da GNR e muitos familiares e amigos de Luís Grilo continuam a tentar localizá-lo. Apenas o seu telemóvel foi localizado nos dias seguintes, no concelho de Alenquer, mas de resto, segundo fonte oficial, não haverá sinais deste engenheiro informático residente no Carregado e proprietário de uma empresa com instalações em Alverca. Luís Grilo foi funcionário da Ogma-Indústria Aeronáutica de Portugal e

passou, mais tarde, a trabalhar por conta própria no ramo da informática. Nos tempos livres dedicava-se ao desporto e em especial ao triatlo e treinava regularmente. Foi o que aconteceu na tarde daquele dia 16 (segunda-feira), quando, cerca das 16h30, disse à esposa que ia sair de casa para um treino de bicicleta de cerca de hora e meia. Luís não voltou a aparecer e a família, alarmada, comunicou o desaparecimento à GNR, que encetou

investigações em toda a região. Horas depois, o telemóvel de Luís Grilo foi encontrado na berma de uma estrada na zona dos Casais da Marmeleira (concelho de Alenquer). Estava fora da bolsa em que normalmente o transportava e, apesar das investigações das autoridades, não terá fornecido mais pistas sobre o que sucedeu ao engenheiro informático. Certo é que nos dias seguintes, militares da GNR, familiares e amigos de Luís

desmultiplicaram-se em buscas nos mais variados percursos dos concelhos de Vila Franca de Xira, Arruda, Alenquer e Sobral de Monte Agraço que percorria, habitualmente, nos seus treinos de bicicleta. A falta de pistas e o passar dos dias levaram a que se encarassem as mais diversas possibilidades, inclusive a hipótese de ter sido vítima de um assalto ou mesmo de um homicídio. A Polícia Judiciária passou, por isso, a liderar as investigações.

O desaparecimento de Luís Grilo continua envolto em mistério. Familiares e amigos apelam a todos os que possam ter alguma informação sobre este caso para que contactem a família ou as autoridades policiais.

Saiba mais na Edição impressa de 01 de Agosto do Voz Ribatejana

Tags:

Leitura Recomendada
Procurar por Tags
Siga o Voz Ribatejana
  • Facebook - Black Circle
Facebook
  • YouTube - Black Circle
YouTube
Arquivo do Site

Contador de Visualizações